O que é Umbanda

Olá, tudo bem?

Você já reparou que quando dizemos a alguém que somos umbandistas a primeira coisa que sempre nos perguntam certamente é: O que é Umbanda? E infelizmente, na maioria das vezes as pessoas literalmente travam. Comigo já aconteceu muitas vezes de estar com algum outro umbandista, vir alguém com essa pergunta e a pessoa do meu lado não saber nem dizer o que é Umbanda. Isso me assusta muito, porque, como você faz parte de uma religião, bate no peito para dizer que é umbandista sem ao menos saber o que é essa religião?! Isso é extremamente preocupante e alarmante, afinal, você está sendo umbandista porque alguém é umbandista ou porque você realmente segue os princípios da Umbanda? E ai vem um detalhe, se você não sabe o que é Umbanda você certamente não sabe quais são os princípios dela, esses que são as coisas mais importantes que devemos ter na vida.

Afinal ser umbandista não é ir ao terreiro uma vez por semana, colocar uma roupa branca, uma guia bonita, se chacoalhar e receber um espirito, com ele beber, fumar e ir embora. Definitivamente, isso não é ser umbandista, ser umbandista é viver a Umbanda todos os dias, é ter a ela como seu estilo de vida.

Existe uma definição sobre Umbanda que o Caboclo das Sete Encruzilhadas nos deixou ( Caboclo das Sete Encruzilhadas foi o espírito que fundou a Umbanda, mas outra hora conversamos sobre isso), ele costumava dizer que :Umbanda é a manifestação do espirito para a caridade e realmente eu concordo muito com essa colocação, é muito verdadeira e coerente. Mas gosto sempre de acrescentar o que diz o hino da Umbanda: “A Umbanda é paz e amor”, então juntando as duas frases sabemos que a Umbanda é caridade, paz e amor, ou seja, você deve fazer a caridade, amar o próximo e espalhar a paz pelo mundo, e não a discórdia.

Mas tem outra coisa que também gosto de acrescentar nesse significado de Umbanda que é a reforma intima e evolução pessoal, porque para que você consiga ter a manifestação dos espíritos de luz em seu corpo, em sua matéria, você precisa fazer uma reforma íntima. Vale lembrar que todos nós somos médiuns, alguns médiuns de incorporação e outros não. Não são apenas os médiuns de incorporação que precisam ter essa reforma íntima, pois quem não incorpora também tem a manifestação dos espíritos por uma intuição, irradiação, uma ideia que vem na cabeça por uma palavra amiga. E sabemos que esses espíritos que nos acompanham, espíritos amigos, são sutis e leves, e para tê-los por perto precisamos também ser sutis e leves. Nunca conseguiremos chegar na leveza que eles têm, estando encarnados, porque a carne é densa, mas o quanto mais pudermos sutilizar esse estado, é melhor.

Então podemos concluir que para ser um umbandista verdadeiro e ajudar na manifestações desses espíritos, a primeira coisa que devemos fazer é uma reforma íntima, mudar aquilo que não esta legal, deixar de fazer o que fazia de errado, mudar um pensamento negativo que tínhamos e começar a pensar positivo, logo em seguida encher o coração de amor por tudo e por todos, perdoar quem ainda não perdoamos, mesmo que essa pessoa não tenha nos pedido perdão e o principal, fazer a caridade. Umbanda não cobra por atendimentos espirituais, se você for em um terreiro de Umbanda e ele cobrar pelo atendimento espiritual, mesmo que seja bom pra você, aquilo não é terreiro de Umbanda, permaneça se quiser, mas tenha em mente de que não está em um terreiro de Umbanda.

Toda e qualquer manifestação de um espirito em terra é gratuita, não se deve pedir nada em troca , afinal caridade não é barganha, caridade é caridade por si só, é algo que você faz de coração, por amor e sem esperar recompensa nenhuma, porque quando você entra para a Umbanda você está entrando para uma religião e se espiritualizando, isso não consiste apenas em ir nas giras, mas sim espiritualizar todos os seus dias, dando um bom dia pra cada pessoa que passa perto de você, independente de quem seja, não jogar lixo no chão, não desperdiçar água, separar lixo reciclável do orgânico em sua casa, afinal os Orixás são as manifestações da natureza, nós temos que cuidar da natureza para que simultaneamente cuidemos deles. Se espiritualizar consiste também em tratar bem todos os seres, sejam quem for, não basta tratar o Preto Velho bem e quando chegar em casa tratar a mãe e a esposa mau, tratar os filhos de qualquer jeito, afinal, isso não é ser umbandista. Um umbandista verdadeiro deve ter empatia pelas pessoas, ter o mais puro amor em sua essência e no seu coração.

Se você não busca sua evolução, não trabalha uma reforma íntima, sinto muito em te dizer isso, mas você esta muito longe de se tornar umbandista. Ninguém esta dizendo que você deve ser perfeito, que vai dormir hoje do jeito que é e vai acordar amanhã o verdadeiro Buda, não é isso! Estou dizendo que você precisa buscar evoluir a cada dia mais, pois mudanças demoram para acontecer, é um passinho por vez, dia após dia, aos poucos galgando essa evolução. E não se cobre para ser perfeito, porque definitivamente você não vai conseguir, aliás ninguém consegue, o que importa mesmo é que você busque se melhorar todos os dias, porque é isso que a Umbanda nos ensina.

Então quando alguém te perguntar o que é Umbanda, você vai dizer que a Umbanda é uma religião que trabalha nosso lado espiritual, nossa cura espiritual e para auxiliar nesse trabalho temos as manifestações dos espíritos, que vêm de forma gratuita, sem pedir nada em troca, nos dão conselhos para nos ajudar a evoluir para nos tornarmos pessoas melhores a cada dia.

Procure ressaltar para as pessoas que Umbanda não é o lugar para amarrar pessoas ou descobrir o futuro. Que elas não vão entrar num terreiro com a vida toda ferrada e sair de lá com a vida toda arrumada, afinal, o que levou anos pra ferrar não se arruma em uma noite. Sempre deixe isso muito claro, porque as pessoas costumam ter essa visão deturpada da Umbanda, achar que tudo se resolve em um passe de mágica.

Hoje quero te levar para essa reflexão: Será que você está sendo um verdadeiro umbandista ou está nadando no raso? Que está sendo daqueles que acham bonito ser umbandista para andar todo de branco por aí? Para usar a guia mais bonita do terreiro? Para incorporar um Exú ou uma Pombagira que tem a melhor roupa? Ou está sendo o umbandista que está atrás de tentar por em ordem o que estava em desordem? Tentando transformar defeitos em qualidades? Que esta respeitando o próximo, transmitindo amor para cada ser vivo que esta ao seu lado? Que cuida do planeta, respeita as plantinhas e respeita os animais?

Se até hoje você não estava sendo um verdadeiro umbandista, eu te convido a ser, porque realmente vale muito a pena, é algo que vai te preencher, transformar sua vida, não do dia pra noite, porque isso não existe! Mas vai te transformando um pouquinho a cada dia e no fim do mês vai resultar em um “tantão” de transformações.

Venha ser um verdadeiro umbandista não seja mais um umbandista que nada no raso, faça valer a pena esse branco que veste e essa guia bonita que usa, vamos mergulhar mais fundo.

Espero que a sementinha do verdadeiro umbandista tenha entrado no seu coração e que daqui pra frente você busque sua evolução e a sua reforma íntima, que Oxalá te abençoe, que todos os Orixás te ajudem nessa evolução e te ajudem nessa busca, que você possa se sentir melhor a cada dia.

Fique com Deus e até a próxima.

Axé!

Ahhhhh! E se você ainda não segue o Nossa Umbanda nas Redes Sociais, aqui vai os links:

Nos siga no Instagram: @nossaumbandaa

Se inscreva em nosso canal no Youtube: Nossa Umbanda

E nos siga no Facebook: Nossa Umbanda

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.